Welcome


O ano é 1914. De um lado há a terrível escuridão confabulando sobre ações que certamente vão levar o mundo tal qual conhecido ao desastre iminente. Quando Érebos resolve retornar, ele conta com aliados. Ares é o deus da Guerra e, em sua opinião, tudo é valido desde que haja sangue gratuito; Éris, por sua vez, crê que a discórdia é uma sementinha que deve ser muito bem cuidada e regada todos os dias. Os Três Grandes estão em absoluto desespero: o que fazer quando a verdade é terrível? Em meio a um caos que se forma, as conspirações e as ameaças são constantes. Semideuses foram raptados a um momento inicial, mas tomaram parte dos Deuses Opositores. E ainda há aqueles que preferem manter a fidelidade aos Olimpianos, lutando por seus pais e mães. Quando tudo que se vê no horizonte é uma tela manchada de sangue, o que você irá fazer? Tudo é guerra, qual lado será o que você vai escolher?
Navegação

Parceiros































Blacksmith

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Blacksmith

Mensagem por Roman Smith em Seg Set 09, 2013 6:27 pm



Welcome to the Blacksmith!

Seja bem vindo a Blacksmith. Sinta-se a vontade para fazer seu pedido, mas tome cuidado com onde pisa ou coloca as mãos. Fazemos todos os tipos de armas, algumas com mais exigencias que outras, porem pedimos paciencia e cooperação da nossa clientela. Deixe seu pedido nesse link, e enviaremos um aviso quando o mesmo estiver pronto.

OBS.: Quaisquer postagens que não sejam da forja dentro desse tópico serão apagadas pela moderação.
avatar
Roman Smith
Filhos de Hefesto
Filhos de Hefesto

Mensagens : 3
Data de inscrição : 09/09/2013

Ficha do personagem
HP:
390/390  (390/390)
Nível: 30
Arsenal:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blacksmith

Mensagem por Roman Smith em Sex Set 27, 2013 12:53 pm


Roman observou os pedidos que haviam chegado pelos correios, afinal, só existe um meio de se encontrar tal filho de Hefesto, pela Hermes Express e nenhuma outra maneira.
Havia um pedido em especial que o deixou curioso, e que levaria alguns dias a mais para ficar pronto devido a uma pequena dificuldade. “Malditos campistas exigentes”– pensou ranzinza, por fim, entrou em contato por mensagem de Íris com uma das ultimas filhas de Perséfone que conhecia, Sarah pode lhe fornecer a trepadeira necessária para a forja a ser feita, mas obviamente não saiu barato, e muito claramente, a prole de Hefesto odiara isso.
Ao menos o desgraçado havia mandado os lingotes em estado propício a forja e não o minério a ser coletado. Era hora de começar.
Roman pegou um pedaço de mogno de cerca de 30 centímetros por 5 de diâmetro e se sentou do lado de fora do galpão onde morava e montara sua oficina, e com uma lamina que parecia uma navalha, começou a arrancar as lascas de madeira, não havia dificuldade alguma, pelo contrário, a madeira macia proporcionava modelagem fácil, e me menos de trinta minutos estava perfeita para ser encaixada na empunhadura de forma a não escorregar da mão. Retornou para dentro e então ligou alguns interruptores, de forma a fazer as roldanas de uma lixadeira girar a cerca de 800 RPM, era preciso cuidado, ou perderia os dedos nela. Porem depois de quase vinte anos trabalhando com forjas, era desnecessário dizer qualquer coisa a tal homem.
Envolveu a madeira com tiras de couro, para que não escorregasse a mão quando empunhada, e então reservou sobre o balcão. Analisou a trepadeira então, flexível e resistente, porem era fato que apodreceria, mesmo abençoada, o punho ainda ficaria para mais tarde.
Juntou os lingotes da lamina, sendo de minério do zodíaco e levou ao forno especial para a tal “pedra de meteorito”, trinta minutos à mil graus era o suficiente para deixar aquilo maleável.
Usou da pinça para levar o metal quase a ponto de liquefazer a uma bigorna e com o martelo dado por Hefesto iniciou as poderosas pancadas no metal incandescente, que não demorou a ceder as pancadas e se deformar, alongando-se e afinando. Trinta, quarenta, depois de vários golpes, estava pronta a primeira parte, e o metal ainda quente, foi levado a água para ganhar resistência e dureza. Depois, mais uma vez o forno, onde a operação foi repetida com as pancadas e a água em seguida. A lamina estava praticamente pronta, temperada e sem uma única trinca, agora precisava ser retificada, e não demorara para isso. Fora levada a um equipamento especial, onde presa por uma morsa, pequenas laminas giravam a velocidade impressionante e tiravam as imperfeições do sabre quase pronto para uso.
Deixou a máquina improvisada trabalhar e levou o Einherjarium para o forno e deixou dentro de um balde de ferro fundido a temperatura de 1200 graus, o que deixou por cerca de uma hora, enquanto a lamina negra era terminada. Usou o tempo de liquefação do metal para entalhar sua marca na lamina, um “R” sobre um martelo em chamas, e para fazer o mecanismo de ativação da lamina, a qual se recolheria quando fora de uso, e necessitaria de um pouco de sangue do seu usuário para ser sacada. Prendeu então a trepadeira numa haste de metal curvada e mergulhou-a no metal liquefeito, e assim deixou até que pudesse retirar e deixar que o metal enrijecesse novamente. Prendeu o punho a empunhadura com o mecanismo  e fechou a cruzeta com o metal rosado, testando então sua leveza e o balanço, e então a parte final. Prendeu a lamina ao restante da arma e testou o mecanismo, que imediatamente desapareceu com a lamina, e ao toque do sangue do filho de Hefesto, retornou ao seu devido lugar para que pudesse usar. Era – ao menos para Roman – leve como uma pluma e balanceada em suas extremidades, de forma a deixar que o desempenho dependesse apenas do usuário, como uma extensão do braço.
Retraiu novamente a lamina então e a colocou nos pacotes devidos, o endereçando para o acampamento meio sangue, ao nome de Cheshire M.

Descontos:
• Cheshire:
♦ D$ 4500
♦ Minério do Zodiaco (1 forjas)
♦ Einherjarium (1 forja)

Acréscimos:
• Roman:
♦ D$ 4500

• Cheshire:
♦ Trepadeira [Sabre feito de Minério do Zodiaco e punho em madeira e Einherjarium. Fica em quase todo o tempo na forma apenas do punho desse sabre, onde é necessário uma gota de sangue do usuário para que a lamina apareça. Graças a uma benção de Perséfone, quando ativada, o punho também mostra os espinhos contidos na trepadeira a frente da empunhadura.]
avatar
Roman Smith
Filhos de Hefesto
Filhos de Hefesto

Mensagens : 3
Data de inscrição : 09/09/2013

Ficha do personagem
HP:
390/390  (390/390)
Nível: 30
Arsenal:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum